Flavio Cruz

Estou sempre me perdendo

Estou sempre me perdendo:
em ideias,
em pensamentos,
e até em futilidades.
Às vezes, até na cidade,
eu me perco.
Em caminhos novos
e até nos já conhecidos,
continuo me perdendo.
Eu me perco em palavras,
cheias de sentido e,
às vezes, sem significado.
Não gosto de me perder assim.
Só me sinto bem, mesmo,
quando me perco em teus braços!
De lá não quero mais sair,
não quero que me encontrem.
Se o fizerem, façam de conta
que não me reconheceram...

 

Todos los derechos pertenecen a su autor. Ha sido publicado en e-Stories.org a solicitud de Flavio Cruz.
Publicado en e-Stories.org el 23.05.2016.

 

Comentarios de nuestros lectores (0)


Tu comentario

¡A nuestros autores y a e-Stories.org les gustaría saber tu opinión! ¡Pero por favor, te pedimos que comentes el relato corto o poema sin insultar personalmente a nuestros autores!

Por favor elige

Post anterior Post siguiente

¿Este novel/poem viola la ley o el reglamento de publicación de e-Stories.org?
¡Por favor, infórmanos!

Author: Changes could be made in our members-area!

Mas de"Amor & Romance" (Poemas)

Otras obras de Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:

Elas estão na minha cabeça - Flavio Cruz (Pensamientos)
A very unusual way.....🌠 - Ursula Rischanek (Amor & Romance)
A very unusual way.....🌠 - Ursula Rischanek (Amor & Romance)