Flavio Cruz

Um sonho, apenas um sonho

Foi um sonho apenas, mas foi bom para esclarecer.
Sonhei que podia, como mágica, apagar todos os maus momentos de minha vida. Apagar as coisas erradas que fiz. As palavras que eu não deveria ter dito. Os contatos que era melhor não ter feito. O botão ainda faria sumir os momentos em que falei quando deveria ter me calado. Em que me calei quando deveria ter falado. Desaparecerem as decisões apressadas que depois se tornaram um pesadelo. Sumirem os momentos em que tive muita raiva e não deveria ter. Os momentos em que deveria ter ajudado mais quem de mim precisava. Os momentos em que disse um não no lugar de um sim e um sim no lugar de um não.
E, no sonho, apertei o tal do botão que apaga tudo. Era perfeito, sem igual. Depois vi que tudo era completamente sem vida, sem sabor. Aquilo não era eu.
Acordei e vi que era melhor assim, sem o tal do botão. Eu mesmo, com esse monte de erros e defeitos. Uma estranha e deliciosa sensação de estar vivendo a vida como ela é.

 

Todos los derechos pertenecen a su autor. Ha sido publicado en e-Stories.org a solicitud de Flavio Cruz.
Publicado en e-Stories.org el 12.08.2015.

 

Comentarios de nuestros lectores (0)


Tu comentario

¡A nuestros autores y a e-Stories.org les gustaría saber tu opinión! ¡Pero por favor, te pedimos que comentes el relato corto o poema sin insultar personalmente a nuestros autores!

Por favor elige

Post anterior Post siguiente

¿Este novel/poem viola la ley o el reglamento de publicación de e-Stories.org?
¡Por favor, infórmanos!

Author: Changes could be made in our members-area!

Mas de"Vida" (Relatos Cortos)

Otras obras de Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:

A estrela quadrada: uma comédia cósmica - Flavio Cruz (Humor)
A Long, Dry Season - William Vaudrain (Vida)
Heaven and Hell - Rainer Tiemann (Humor)