Flavio Cruz

Crônica do amor perdido

 
Procuro no escuro da noite os segredos do Universo. Na luz do dia não posso ver as estrelas porque ele, o sol, ofusca minha visão. É assim com você. Procuro também a beleza de outras mulheres, solitário nas noites, porque, você, minha querida, também ofusca todo meu ser, quando está junto de mim. Por que tem de ser assim?
Falei isso para minha amada e ela me disse que eu tinha razão. Ela se afastou. Procurei e vi as luzes da noite, vi a beleza de outras mulheres. Delas me aproximei para melhor apreciar tal visão. Mas elas eram pálidas, vazias. Procurei mais e nada achei. Voltei então para a luz da minha vida. Mas ela não estava mais lá. Deixou, porém um bilhetinho:
Notei que você gostava mais das estrelas da noite do que de mim. Por isso, viajei noite adentro, e me coloquei no meio de uma enorme constelação. Estarei lá, te esperando. Brilhando, brilhando.
E eu olhei para a noite infinita. Olhei para a Via Láctea com suas milhões de estrelas. A minha amada devia ser uma delas. Mas havia tantas e tantas, jamais a descobriria.
Foi assim que perdi meu grande amor. E agora vivo sozinho debaixo deste sol causticante. Tenho medo da noite e o que faço é só dormir. Tenho medo de encontrar, um dia, quem sabe, minha amada, e ela estar de namoro, lá longe, neste infinito sem fim, com algum astro qualquer...

 

Todos los derechos pertenecen a su autor. Ha sido publicado en e-Stories.org a solicitud de Flavio Cruz.
Publicado en e-Stories.org el 25.10.2015.

 

Comentarios de nuestros lectores (0)


Tu comentario

¡A nuestros autores y a e-Stories.org les gustaría saber tu opinión! ¡Pero por favor, te pedimos que comentes el relato corto o poema sin insultar personalmente a nuestros autores!

Por favor elige

Post anterior Post siguiente

¿Este novel/poem viola la ley o el reglamento de publicación de e-Stories.org?
¡Por favor, infórmanos!

Author: Changes could be made in our members-area!

Mas de"Amor & Romance" (Relatos Cortos)

Otras obras de Flavio Cruz

Did you like it?
Please have a look at:

Duas histórias que se cruzam - Flavio Cruz (Cotidiano)
A Long, Dry Season - William Vaudrain (Vida)